7 de jan de 2013

Mini Imagine Zayn Malik

Leia ouvindo: Summer Love (http://www.youtube.com/watch?v=kdpgZCJUQl8)

O frio embaçava o vidro e a neve se acumulava no parapeito da janela. Qualquer pessoa normal não ia querer se levantar. Mas eu tava louca pra sair de casa. Calma, eu tenho um bom motivo: Meu primeiro dia em Londres!
Sim, depois de tanto tentar, eu consegui o que queria: passei num bom curso de moda, e arranjei um apartamento, simples, mas agradável pra morar nesse tempo. Eu ainda me lembrava da sensação, antes de abrir o envelope, o nó no estômago, frio na barriga, cabeça girando...e depois o orgulho de correr os olhos por aquelas letras:
Maria Laura, temos o prazer de informar que você passou no curso de moda.
E agora, tudo tão perfeito! Me vesti (http://www.polyvore.com/cgi/set?id=68281970&.locale=pt-br ) e fui aproveitar o dia.
Assim que saí uma rajada de vento me recebeu, junto com a neve que logo grudou no meu cabelo, mas pouco me importava.
Caminhei meio sem rumo, e decidi tomar um café no Starbucks. Saí de lá com meu café em uma mão enquanto com a outra ajeitava umas coisas na minha bolsa. E nem me preocupei em olhar pra frente, até eu dar uma perfeita topada em alguém e todo meu café ser despejado na minha roupa.
Eu: Mas que droga!- exclamei e olhei pra cima.
E o mundo parou de girar. Aqueles olhos me hipnotizaram, e eu quase me esqueci de respirar. Era tudo cinza, só ele se destacava:
Ele: Me desculpa...você não é daqui.
Eu: Que?- saí do meu transe- Ah, como sabe?
Ele: Seu sotaque. Manchou muito sua blusa?
Olhei pra baixo.
Eu: Droga...-sussurrei.- Não, tudo bem...to precisando de roupas novas.
Ele: Mas sujou...vem, você não pode ficar andando em Londres assim. Ta muito longe da sua casa?
Eu: É...parece que sim.
Ele: Carona?
Eu: Seria ótimo.
Ele sorriu pra mim.
Ele: Vamos lá. Senhorita...- ele abriu a porta do passageiro pra mim e logo depois entrou do outro lado.
Eu: Obrigada, cavalheiro.
Ele: Então, me conta de onde é.
Eu: Brasil. Vim pra cá fazer um curso de moda.- Falei e logo em seguida me arrependi. Ele era um estranho! Não devia ficar falando coisas pessoais pra ele. Mas ele me pareceu tão confiável e...lindo!
Ele: Sempre quis conhecer o Brasil.
Eu: Lá é ótimo. Mas meu sonho é Londres. Só não sei muito bem o que fazer primeiro agora que estou aqui...
Ele: Então eu cheguei pra te salvar!
Eu: Me salvar?
Ele: Pra onde quer ir primeiro?
Eu: Trocar minha blusa?
Ele: Não vamos perder tempo com isso. Eu passo na minha casa e você pega alguma blusa...lá em frente tem um parque lindo.
Eu: Tudo bem...-murmurei desconfiada.
Chegamos na casa dele e ele me encarou com a testa franzida no elevador.
Ele: Caramba, ainda nem nos apresentamos. É que tenho a impressão de te conhecer...
Bizarro. Por que eu sentia a mesma coisa?
Eu: Maria Laura...-murmurei- e você?
Ele: Zayn...Zayn Malik. 
Mordi a boca com força...Zayn Malik...? Eu tenho que me lembrar...
Eu: Você...Meu Deus! A viagem pra Califórnia! Eu...te conheci no cinema...- corei.
Ele: Eu te beijei. Claro, a Califórnia. Seus olhos continuam lindos.
Eu: Você cresceu, estava quase irreconhecível.- olhei pra baixo envergonhada.
Ele: Eu amei te beijar da última vez...faz tanto tempo! Mas eu ainda me lembro do gosto do seu gloss de morango...-ele sussurrou enquanto se aproximava sorrindo.
Eu fechei os olhos e deixei o cheiro dele entrar por minhas narinas, o toque dele arrepiar os pelos do meu corpo...
Ele: Eu senti saudade disso tudo...
Agora a respiração dele se difundia na minha...e a proximidade era tanta que o espaço entre nós era quase invisível. O nariz dele encostou no meu com delicadeza. E depois os lábios, macios e carnudos como eu me lembrava. A língua gentilmente invadiu minha boca explorando cada pedaço. E então os braços me rodearam me prenderam em seu peito. 
Paramos o beijo mas continuamos com as testas coladas. A porta do elevador se abriu e um menino da nossa idade entrou.
Menino: Yeah Zayn! Finalmente arranjou uma namorada, cara você tava precisando!
Corei muito e ele me abraçou forte enterrando meu rosto em seu peito.
Chegamos a casa dele e ele me deu uma blusa dele.
Ele: Quer...alguma coisa?
Eu: Não precisa, obrigada.- tirei minha blusa e ele ficou avaliando meu corpo que rapidamente foi coberto pela blusa dele.
Ele: Ta boa essa blusa?
Eu: Como uma estudante de moda, eu diria que ela é confortável e ficaria ótima no seu corpo!
Ele: Tudo fica ótimo em mim.
Eu: Convencido.
Ele: Inclusive você.
Ele me puxou pelo pulso e novamente nossos lábios se uniram.
Eu: Acho melhor você me mostrar o parque.
Ele: Se você prefere.
Saímos e fomos pro parque. Lá era realmente lindo. Caminhamos entre as flores com nossos pés afundando na neve. De vez em quando a mão dele tocava a minha e depois de afastava, e nós não éramos corajosos o suficiente pra encarar os olhos um do outro.
Mas quando já estávamos saindo do parque e eu estava indo pra casa a mão dele agarrou a minha em um aperto desesperado e os olhos dele me encararam profundamente.
Ele: Você escapou de mim na Califórnia, não vou deixar escapar de novo!
Eu: Achei que fosse só mais um amor passageiro de férias de verão.
Ele: Eu tentei te esquecer. Mas eu te via em tudo e em todos. Quando beijava alguém, seu beijo vinha em minha mente. E eu só pensava em quando poderia te reencontrar. Maria Laura, eu te amo, não vai embora!
Eu: Eu não vou! Eu te quero, eu te amo!
Ele: Então fica comigo. Pra sempre.
Eu: Enquanto durar vai ser pra sempre.
Nos beijamos profundamente, agora ele era meu, eu era dele, e mais nada no mundo importava.
                                                                        Fim

Aqui está Maria Laura, espero que goste. Beijos da Raque.

4 comentários:

  1. Faz um pra mim com o Zaza tbm?meu nome é Ana Paula.

    ResponderExcluir
  2. feliz 2014!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir